Floresta Temperada

Como prometido, vamos subir o nível e cá estou eu para falar de biomas para vocês.

Como já está no artigo que introduz este post, vamos adentrar nesses ecossistemas e destrinchá-los o quanto pudermos para tornar nossas campanhas e histórias mais coesas, criativas e principalmente divertidas, então partiremos pelas florestas, que se destacam por estar presente em toda história de aventura fantástica que se preze, das quais muitas se tornaram famosas.

Vários povos acreditavam que as árvores eram verdadeiras deidades, assim tornando muitas florestas e bosques locais sagrados, habitados por seres encantados, fadas e outros elementais e por isso deveriam ser respeitados ou temidos.

Florestas famosas

Para começar vamos falar de florestas temperadas

Floresta TemperadaNa maioria das histórias nórdicas, medievais, contos de fadas ou cenários mais obscuros que nos deparamos nos livros e filmes, vamos encontrar esse tipo de floresta como cenário ou como inspirações.  São encontradas principalmente na Europa, berço da cultura nórdica e celta, em algumas regiões da América do Sul e Norte, na Ásia, além da Nova Zelândia, vulgo lugar mais bonito do mundo hihi, e presentes também na Austrália e Inglaterra.

A presença de árvores de grande porte é a principal característica dessas florestas, onde podem ser encontrados abetos, carvalhos, salgueiros, bétulas; essas primeiras muito citadas por Tolkien, faias, bordo, freixo, sequoias, amieiros, azevinho, álamos, pinheiros, nogueiras, castanheiras, cerejeiras dentre outras. Também podem ser encontrados uma grande diversidade de vegetação arbustiva, além de ervas, musgos, fungos e líquens.  A fauna é composta por animais de pequeno e grande porte como esquilos, veados, javalis, aves, ursos, lobos, raposas e alguns felinos como o lince, além de repteis e insetos.

Floresta no InvernoO clima é característico do que encontramos em áreas temperadas, com as quatro estações bem definidas, onde geralmente na primavera o clima é quente e úmido, no verão a vegetação fica mais abundante e densa, no outono essas florestas vão adquirir coloração dourada, avermelhada ou amarronzadas nas folhas, fenômeno pelo qual elas são mais conhecidas e no inverno essas folhas irão cair, mecanismo que essas plantas utilizam para guardar energia, nutrientes e água nas épocas frias.

Mas como incorporar essas características nas suas campanhas e histórias?

Então, é presumível que os jogadores (as) e mestres (as) mais experientes sejam capazes de responder a essa pergunta, já que não é preciso ser muito esperto para saber que a maioria dos elementos dos livros, filmes e etc que vemos hoje possui algum tipo de inspiração no que está ao nosso redor, principalmente a natureza. Mas adquirir novos conhecimentos e ampliar os horizontes nunca é demais e vamos assim tentar fazer isso.

Mas voltando, os elementos principais que podem ser explorados para o enriquecimento da sua campanha/história obviamente são os animais, as plantas e o clima da região. Muitos povos já se utilizavam de vários desses elementos para explicar fenômenos dos quais não entendiam os intitulando divindades ou os atribuindo poderes mágicos.

The Plant King

CarvalhoO Carvalho: Muito citado em várias histórias, essa planta é um membro legítimo da realeza, na cultura celta e viking, ela é nada mais nada menos do que a árvore das árvores, o rei das florestas e nas religiões dos antigos celtas, acreditavam-se que estas facilitavam a passagem para o mundo espiritual através de portais. Era considerada símbolo de resistência, força e poder, por ser bastante resistente as adversidades, durar centenas de anos e ser bastante resistente à raios. Para os gregos era considerada a árvore de Zeus e para os nórdicos era atribuída ao deus do trovão, Thor, além de ser muito citada na bíblia. Segundo alguns estudiosos a própria palavra “druida” tem como tradução: Aquele que tem o conhecimento do carvalho.

 

 

 

Salgueiro LutadorSalgueiros: considerada a árvore das bruxas e muito ligada ao sexo feminino, para os gregos eram dedicadas as deusas Hera e Hécade e para os celtas era fonte de inspiração para os sonhos, música, poesia e fonte de encantamentos. É muito conhecida por suas propriedades medicinais, e era utilizada como anti-inflamatório e analgésico. Temos com uma das mais famosas representantes na literatura, o salgueiro lutador, da série Harry Potter e o salgueiro-homem, na Sociedade do anel.

 

FaiaFaia: As faias, assim como o carvalho é considerada entre os celtas como a Rainha da floresta, é uma árvore ancestral que pode durar séculos, possuindo um porte majestoso. É muito utilizada como remédio para doenças respiratórias. Ela é associada à mercúrio e saturno e aos elementos ar e terra.

 

 

PinheiroPinheiro: o pinheiro é uma árvore muito cultuada em várias culturas, é uma árvore associada ao nascimento, a força, à esperança e a paciência, por essa razão está muito ligada ao nascimento de Jesus, e considerada a árvore da vida para alguns povos, por estar sempre verde no rigoroso inverno.

 

 

 

 

 

 

BétulasBétulas: Estas possuem bastante misticismo, sendo bastante utilizadas para práticas de magia, eram consideradas senhoras dos bosques por povos antigos que as utilizavam como medicamento onde eram feitos óleos curativos. Na idade média seus galhos eram utilizados como instrumento de tortura, pois acreditavam que tinham o poder de exorcizar maus espíritos. Considerada como provedora de coragem, proteção e acreditavam que combatia o medo.

 

 

 

 

FreixoFreixo: o freixo possivelmente seja a árvore mais famosa da mitologia nórdica. Era considerada a árvore do mundo para os antigos vikings, chamada de “Yggdrasil”, onde para alguns significa “forca”, remetendo a lenda de Odin, no qual conta que este ficou pendurado na árvore por nove dias e nove noites para descobrir os segredos das runas. Esta árvore é representada como um freixo gigante que suporta o universo habitado por seres mágicos, homens e deuses.

 

 

 

 

AzevinhoAzevinho: Uma árvore associada aos guerreiros, pois de acordo com o que se conta, as hastes das lanças eram feitas de sua madeira e por conta de sua resistência, sendo uma árvore que resiste ao inverno rigoroso. Na lenda celta, Azevinho era irmão do Carvalho, sendo também um dos reis da floresta. Estes tinham uma batalha pelo reino da floresta e no inverno o Rei Azevinho saia vitorioso pois no inverno O carvalho era enfraquecido, mas quando se passava esse período, O carvalho novamente tornava-se o Rei.

Com tantos simbolismos e significados esses elementos se tornam um prato cheio para as mentes criativas, as incorporando nas suas narrativas, criando e atribuindo novos poderes, divindades e etc. você pode unir aspectos de sua morfologia e propriedades em momentos da sua narrativa. Um personagem pode pedir para utilizar tal planta para tal finalidade, como por exemplo usar para o uso medicinal ou para rituais, cabe ao mestre criar a atmosfera correta para ficar mais atrativo.

Pode-se usar essas propriedades para fins malignos também, toda planta pode ter cunho tóxico, então extrair venenos, óleos e feitiços são interessantes, sem contar que elas possuem personalidades, podendo ser bastante exploradas também como criaturas perversas ou bondosas. Não tema em criar aberrações e verdadeiras quimeras, você também pode unir essas plantas com animais, afinal de contas muitas delas na natureza possuem algum tipo de relacionamentos simbiôntico vantajoso ou não com animais, seja ele de mutualismo, parasitismo ou etc. explore sua criatividade, crie suas próprias criaturas, não se limite ao que já está nos livros. Este post é justamente para inspirá-los.

Criaturas

Golem-árvore, meio-ent,  Ent e Homem-árvore alienígena (Groot J )

Barbávore“Ents”, umas das mais famosas criaturas do mundo fantástico.(Você encontra em qualquer bestiário/livro dos monstros)

Ficamos por aqui, porque acho que me alonguei demais hehe, na próxima iremos continuar com outros aspectos das Florestas temperadas. Neste post limitei-me somente as árvores, mas o reino das plantas é bastante vasto e vamos explorá-lo mais ainda.

Save

Huge Discounts on your Favorite RPGs @ DriveThruRPG.com

mm

Classe/Nível: Druida 5º, Biologia 8º