Fala aew galera, Thay aqui de novo, fazia tempo eim? Bom bora continuar a aprender sobre a arquitetura dos lugares? Que tal prestar bem atenção nessa aula pra deixar seu RPG mais rico em detalhes e consequentemente empolgar seus jogadores? Ao fim, deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários. Ah, já tem postagem falando sobre TAVERNAS e CASTELOS, volte algumas casas (pages) para achar essas publicações.

Os Templos

Templo (do latim: templum) é o edifício destinado a um culto religioso e, consequentemente, significa lugar respeitável, lugar sagrado é uma estrutura arquitetônica dedicada ao serviço religioso, como culto. O termo também pode ser usado em sentido figurado. Neste sentido, é o reflexo do mundo divino, a habitação de Deus sobre a terra, o lugar da Presença Real.

No começo de sua história mística o homem utilizava, para as suas orações, o alto das montanhas, ou o abrigo sob as árvores de bosques e florestas. Só foram caracterizados templos os locais que eram tradicionalmente destinados para cultos religiosos e foram murados para proteção, ficando apenas a parte de cima sem cobertura para que, de seu interior os céus pudessem ser vistos pois a muito tempo considera-se que é nos céus que os deuses vivem. E isso não é estranho já que os primeiros a serem considerados deuses era os astros visíveis no firmamento (Sol, Lua, Mercúrio, Marte, Vênus, Júpiter e Saturno).

templos

Templos Gregos

Até aproximadamente 320 a.C. a arquitetura na Grécia antiga tinha um desempenho público e destinava-se a assuntos religiosos e aos acontecimentos civis mais importantes, como jogos esportivos. Nas edificações predominavam o mármore ou o calcário, além de madeiras e telhas, estas usada na cobertura de edifícios.

As mais marcantes construções gregas são os templos. Embora fosse impotentes por si, foram feitos com o intuído de proteger as esculturas dos deuses das ações do clima., logo, os templos não tinham como função a reunião de pessoas em seu interior para cultos e celebrações como nos dias atuais Os rituais e cerimônias religiosas eram realizados diante de uma das fachadas do templo em geral a fachada leste e poucas pessoas podiam entrar nos templos.

parthenon
O Pathernon é um dos monumentos gregos mais conhecidos, ele se encontra na acrópole de Atenas, construída entre os anos de 447 a 438 a.C., no ponto mais alto da cidade. O Parthenon foi projetado por Ictínio e Calícrates e decorado em sua maior parte pela oficina do escultor Fídias

Em geral o acesso ao templo era feito por um pórtico (entrada do edifício). Após o pórtico os templos podiam conter os seguintes ambientes:

Naos / Cella: Nesse ambiente ficava a estátua do deus, o local era chamado de naos. Para os romanos o nome passou a ser cella. É comum que o nome cella seja utilizado também em relação aos templos gregos.

Pronaos: O pórtico que ficava a frente do naos.

Aditon ou Abaton: era um espaço do templo que somente podia ser frequentado pelos sacerdotes para fazer culto ou para a colocação de oferendas. O aditon pode ser colocado no templo de formas diferentes, a primeira como uma sub-divisão do naos que fique aberta para ele ou como uma câmara que fica isolada no centro do naos. Outra possibilidade é que o aditon seja usado como um nicho na parede posterior do nãos.

Opistódomo: É a câmara que fica oposta ao pronaos e o local em que está o tesouro, tem casos em que o Opistódomo pode ser usado como aditom também.

Peristilo: assemelha-se a um corredor circundante, aberto lateralmente através de uma ou mais fiadas de colunas, Para os gregos esse era o espaço intermediário entre o homem e deus.Na maioria dos casos o templo era erguida em cima de uma plataforma que tinha três degraus.

O degrau de cima se chamava de estilóbata e era sobre ele que ficavam assentadas as colunas do peristilo bem como as paredes do naos. O templo era uma parte de um santuário de forma que a entrada para o mesmo era o que determinava o ângulo através do qual seria visto primeiro.

Os templos que existem

Os tipos de templos podem ser separados de acordo com o número de colunas que possuem em sua fachada. Confira a seguir os nomes que são dados para os templos de acordo com a quantidade de colunas que eles têm.

Quantidade de Colunas na Fachada – Nome Dado ao Templo

4 – Tetrástilo
5 – Pentastilo
6 – Hexástilo
8 – Octastilo ou octostilo
10- Decastilo
12 – Dodecástilo

O número de filas de colunas que eles possuem.

1 – Monóptero: Esse nome também pode indicar um templo que tenha planta circular e que seja rodeado por uma fola de colunas. Quando o Monóptero em questão tem naos é chamado de tholos.

2 – Díptero: 2 filas de colunas

Pseudodíptero: Parecido com o díptero, porém, no qual as duas filas de colunas acabam não contornando o templo todo.

Distribuição das colunas.

Períptero: Totalmente rodeado por colunas

Pseudoperíptero: Uma ou mais filas de colunas embebidas nas paredes do naos do tempo

Prostilo: o templo só tem colunas na fachada.–  ( Trata-se de um templo com pórtico somente na fachada frontal. O pórtico é chamado de peristilo e trata-se da passagem através da qual era possível fazer a passagem das procissões.)

Anfiprostilo: o templo apresenta colunas nas fachadas principal e posterior.

Segundo ordens arquitectónicas

  1. Ordem dórica
  2. Ordem jónica
  3. Ordem coríntia

Podendo ser diferenciadas de forma mais fácil através dos elementos que compõem o capitel (um dos elementos que constituem uma coluna).

colunas-gregas

Então meus chegados, por hoje é só, aguardem o próximo post!!

Huge Discounts on your Favorite RPGs @ DriveThruRPG.com