druida-principa4

Quem nunca se deparou com uma planta assassina maluca, uma erva milagrosa ou uma criatura folha estranha humanoide por aí… pois é, vamos dá continuidade as características de Florestas Temperadas e subir o nível!!!

Como lhes disse antes, uma característica marcante dessas Florestas são as árvores de grande porte, aquelas bem típicas mesmo dos filmes medievais, onde suas folhas caem no outono/inverno (existem poucas espécies onde as folhas não caem), e por esse motivo o solo é bastante rico devido a decomposição dessas folhas, porém sendo um processo bastante lento (imagine um cadáver nesse lugar…meses depois ainda pode ser encontrado no mesmo lugar caso ele não seja removido, comido e etc). Mas a vegetação rasteira e de pequeno porte também é bastante variada, e a gente pode encontrar desde ervas e arbustos a líquens, musgos e fungos (este último embora não seja um vegetal, é estudado por botânicos também). Essa diversidade é bastante explorada na ficção por conta, acredito eu, da variedade e peculiaridade que algumas possuem.

Em várias culturas antigas e mesmo na atualidade vamos encontrar um certo misticismo em relação algumas plantas, atribuições mágicas, poderes sobrenaturais, curas mirabolantes e por aí vai. Faz parte da cultura do homem tentar desvendar os segredos e propriedades dessas plantas e sabemos que a partir delas se pode extrair propriedades que nos ajudam muito em vários aspectos de nossas vidas, enfim… em algumas culturas existem casos curiosíssimos que vamos expor aqui para nos servir de inspiração nas nossas aventuras, desde poções a criaturas do imaginário popular e literário.

Mandrágora

mandragora_radix_by_cha0sgirl-d6662d2

É uma herbácea que possui raízes tuberosas. As raízes são a causa de sua peculiaridade e relação com várias crenças. Quando adultas, essa planta possui as raízes que remetem a forma humanoide. Nas mais variadas crenças são tidas como elementos para poções, feitiços e cultos. Segundo lendas medievais, as mandrágoras eram como pequenos homens que estavam adormecidos dentro da terra, e quando retirados de seu descanso estes soltavam um grito que atordoava, enlouquecia e até levava a morte quem o fizesse. Há muitos registros dos usos em magia desta planta. Para os anglo-saxões era usada principalmente para expulsar demônios e serviam de amuletos. Quando mantidas em determinadas condições, esta liberava gases e vapores que eram chamados de ‘’fogo fátuo’’, pois acreditava-se que eram espíritos que saiam de dentro da planta.

Viscos

druids

druida-principa4São ervas trepadeiras hemiparasita muito citadas na cultura celta. É chamada de a erva dos druidas, pois estes acreditavam que a planta tinha o poder de curar todos os males, sendo utilizadas para uma infinidade de encantamentos. Acreditava-se que aumentava a fertilidade e que servia de antídoto para os mais variados tipos de venenos. Segundo os mitos os cachos dos viscos deveriam ser cortados somente por druidas masculinos e estes só poderiam ser cortados por uma foice de ouro não os deixando cair no chão. São encontrados juntos a árvores como o carvalho e o azevinho, também consideradas árvores sagradas. (Ver artigo anterior)

Cogumelos

povo-cogumelo

cogumeloOs cogumelos são fungos que estão bastante presentes em florestas e principalmente nas temperadas onde pode ser encontrada uma ampla variedade, sendo alguns bastante peculiares por conta do formato e coloração. Na cultura irlandesa os cogumelos eram a morada dos duendes onde estes formavam círculos para a celebração de festas durante a noite. Se você encontrar um círculo de cogumelos, não se atreva a desmanchá-los pois dizem que quem se atrevesse a desmanchá-los, uma série de castigos cairia sobre tal atrevido.

Conhecendo o cenário.

Conhecer sobre as características do cenário onde o mestre e os jogadores estão inseridos pode ser valiosíssimo, e isso pode determinar a dificuldade de uma missão, a saída de um enrascada… se por um acaso seu mestre disser que os personagens se encontram em uma floresta com essas características, não pense que será fácil por exemplo caçar animais, procurar uma árvore frutífera (e pode crer que isso vai ser bem difícil hehe), ou se esconder de algum perigo. Dependendo de muitas variantes e dos elementos que o mestre lhe apresentar você poderá fazer esse tipo de coisa de modo easy ou não. O fato que a gente tem que ter em mente é que, mesmo que o mestre não conheça muito bem essas características retiradas da natureza real, você jogador pode dá uma ajudinha. Mas é de se presumir que o mestre também possua um conhecimento da área para que seja coerente na medida do possível na sua campanha.

ervas1Nessas florestas de modo relativamente fácil pode ser encontrado por exemplo, cogumelos comestíveis ou não, aí vai exigir do personagem algum tipo de perícia para não morrer envenenado, ou ganhar uma experiência psicodélica muito louca. Assim como para os anfíbios, que quanto mais colorido tem uma grande chance de ser venenoso, acho bom aplicar o mesmo método aos cogumelos, mas claro isso dependerá do mestre (a).

bruxa-da-florestaAs ervas podem variar em muitas propriedades, e na literatura temos vários exemplos de poderes de cura, propriedades venenosas, alucinógenos, antibióticos e etc. aí vai depender do mestre se uma planta com determinados poderes é de fácil localização ou não. No geral ervas com variadas propriedades podem ser encontradas nessas regiões, mas existem algumas que já estão à beira da extinção nos dias de hoje, é claro. Não vou aprofundar nos nomes de ervas, porque acho que isso não é tão relevante, o que importa mesmo é que tipo de planta podemos encontrar em determinada região e o que elas podem fazer. Agora nomes, você mesmo pode inventar, afinal jogamos RPG meus caros companheiros!

slime_mold_52Cara, os líquens são plantas/criaturas estranhas, essas coisas são associações entre algas e fungos e formam uma parada muito estranha em troncos de árvores, arbustos e etc. alguns tem aspecto feio, então deve servir pelo menos para assustar, hehe. Mas falando sério, os líquens possuem a habilidade de produzir um ácido que podem degradar rochas, ou seja, já dá para ser explorada só por causa dessa característica, claro que é um processo bem lento, mas na fantasia tudo pode ser potencializado. Na natureza possuem importância na formação do solo e são importantíssimos porque são bioindicadores de poluição.

passagem-florestaNão podemos esquecer dos arbustos, estas podem dá belos esconderijos e geralmente podem ser encontradas em beira de floresta, além de algumas possuírem belas flores. As flores podem ter um grande potencial, elas possuem perfume, são atraentes aos animais, algumas podem mimetizar animais e por aí vai. Suas cores chamam muita atenção e geralmente podem ser associadas a seres femininos sedutores, sejam eles malignos ou não.

druida-das-floresPois é aventureiros, isso é o que temos por enquanto, então nas suas aventuras não pense que você vai achar uma planta carnívora nesse tipo de região porque não vai, (mas isso não o impede de criar uma com as características da região) nem achar que será fácil encontrar uma planta com frutas deliciosas e que os animais vão andar soltos e saltitantes só a espera de um bote. Porém é um lugar onde será fácil de fazer uma fogueira, já que elas não são tão úmidas, e de fácil visualização do inimigo já que nem ele nem você terá muito para se esconder, porque as árvores geralmente são espaçadas e de dia, uma grande quantidade de luz adentra à floresta. Seu personagem terá que penar um pouquinho, a não ser que seu mestre seja muito bonzinho ou não tenha lido este artigo. 😀

Na literatura

Erva de Aragorn- Athelas, a folha do rei.

athelas

Labirinto do fauno- mandrágora.

labirinto-do-falno

Harry Potter- Tentáculo venenoso, visgo do diabo, Mandrágora.

tentaculo-venenosowb_f1_hermioneandharrydevilssnare_11524mandragora-hp2

Floresta de flores falantes de Alice no país das maravilhas.

alice-no-pais-das-maravilhas

Bestiário

Arbusto errante:

05-arbusto-errante

Fungo violeta:

fungus-violet

Fungo fantasma:

fungo-fantasma

Save

mm

Classe/Nível: Druida 5º, Biologia 8º